Virada

“Viver amanhã é muito tarde. Viva hoje”

 

Dia 30 de dezembro de 2015. Tinha acabado de chegar na Praia do Forte para passar o réveillon. Não estava só, éramos nove, todos da família.

Deixamos as malas na pousada e saímos para almoçar quando me dei conta de que não tinha visto na minha bolsa o envelope amarelo onde tinha colocado todo o dinheiro da viagem. Levei um tremendo susto, na mesma hora a cabeça ardeu de dor.

Comentei na mesa do restaurante o que tinha acontecido, foi quando minha sobrinha falou que viu um envelope no chão ao lado do carro e pediu para alguém pegar. Na euforia da chegada, a gente parou para tirar foto e ninguém ouviu o alerta.

Na mesma hora saímos do restaurante, e fomos até o carro que tinha ficado no estacionamento da pousada. Fomos por desencargo, mas tínhamos certeza que não iríamos encontrar, era uma rua muito movimentada. Dito e feito, não encontramos. Entrei em desespero tinha levado todo dinheiro disponível. Na hora, de cabeça quente falei: acabou minha viagem.

Voltamos ao restaurante e lá já não mais me cabia, perdi a vontade de comer e só queria ficar quietinha com minha angústia.

De volta para pousada deitei, mas, minha mente estava acelerada demais para dormir. Depois de um tempo respirei fundo e pensei: estamos todos com saúde, fizemos uma ótima viagem e não posso permitir que esse fato estrague nosso réveillon. Sem contar que tenho uma pessoa maravilhosa ao meu lado que tem o dom de me acalmar em qualquer situação.

Olhei para ele, que estava ao meu lado, e percebi o quanto eu tinha para agradecer. Rapidamente passou toda cena do meu desespero e me senti uma boba, afinal de contas eu sabia que ia ter como pagar minhas despesas, para isso é que serve cartão de crédito.

Fiquei imaginando pessoas que perdem tudo numa catástrofe, como foi a de Mariana, que vê o esforço de uma vida inteira sendo levado lama abaixo. Sem contar às pessoas que perderam entes queridos.

Mais uma vez percebi o quanto tinha a agradecer por estar bem e com as pessoas que amo.

Foi uma viagem maravilhosa principalmente por não ter me permitido que esse pequeno incidente estragasse o melhor da vida. O momento presente.

2 comentários sobre “Virada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s