Dar a volta por cima

download

 

Adoro carnaval, e como uma boa sagitariana, gosto de estar em um lugar que tenha alegria, animação; por isso vou com tanta frequência para o carnaval de Olinda. Há anos que vou lá nesta data. A energia contagiante das pessoas subindo e descendo as ladeiras, brincando, cantando, cada um no seu jeito especial de ser, onde cabe toda forma de expressão, de amor, de alegria, de brincadeira. O que importa mesmo é viver o momento e ser feliz, e é claro cantar apaixonadamente o hino de Olinda. Esse é um momento de arrepiar a alma.

Mas infelizmente alguns vão com objetivo de roubar. Sem o menor pudor pegam descaradamente o que não lhe pertence. Uma prática que aconteça não somente no período do carnaval.
Eu e minha filha fomos duas das vítimas este ano. Estávamos separadas, porém no mesmo bloquinho, e tudo aconteceu quase na mesma hora e por segundos de distração, estávamos sem nossos celulares. A ação é tão rápida que não dá nem para acreditar.
Nos encontramos um tempo depois do ocorrido, sem ainda sabermos o que tinha acontecido uma com a outra. Quando ela me viu estava ainda meio sem ação e chateada, e meio sem jeito veio me dizer que tinham levado o celular e eu falei: levaram o meu também. Nos abraçamos, saímos conversando e ela me disse que depois de passado o susto, a reação foi fazer uma oração para essa pessoa, porque alguém que vive de tirar o que não lhe pertence não pode ser feliz. Achei esse gesto de uma grandiosidade e senti muito orgulho.
Por isso, decidi publicar esse texto e compartilhar nossa repulsa a qualquer tipo de roubo. Mas o mais importante é que a gente não permitiu que esse fato estragasse nosso carnaval, nossa alegria, nossa vontade de brincar.
Fatos ruins acontecem nas nossas vidas, somos roubados de várias maneiras no nosso dia a dia: quando pagamos impostos e não temos nossos direitos atendidos, quando há aumento abusivos nas taxas de água, energia, aumento de combustível; quando nossos governantes desviam nosso dinheiro para benefício próprio e tantas coisas mais que estamos cansados de saber.
Nunca vou me acostumar, muito menos achar normal nenhum tipo de roubo pois, por menor que seja, é uma agressão, uma invasão à nossa privacidade. A gente se sente meio que impotente,  também não dá para negar que o que aconteceu é reflexo da nossa sociedade.
Mas aconteça o que acontecer, não vou permitir que roubem minha alegria de viver, de aproveitar o momento, de ser feliz, de acreditar no ser humano. Isso ninguém pode tirar de mim. Não posso evitar que coisas ruins aconteçam, mas, posso escolher como vou reagir aos acontecimentos.
Por isso no carnaval de 2019 quero está lá e continuar cantando:
Olinda
quero cantar a ti
esta canção
Teus coqueirais, o teu sol, o teu mar
Faz vibrar meu coração
De amor a sonhar, minha Olinda sem igual
Salve o teu carnaval!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s